Produto adicionado com sucesso!
Produto removido!

O motor de popa é um modelo instalado na parte traseira do barco. Ele costuma ficar com uma parte exposta na parte traseira e pode ocupar um espaço significativo, dependendo do tamanho do motor. Esse motor pode equipar diferentes veículos náuticos, como barcos de pequeno porte, barcos de pesca, lanchas e botes.

O motor de popa é indicado para navegação em áreas de baixa profundidade. Ele possui um sistema de trim que permite alterar o ângulo do eixo da hélice em relação ao barco, podendo ser elevado por completo até a saída da água caso necessário.

Uma característica é que esses motores são mais leves que os demais modelos, como o centro-rabeta. Existem opções com diferentes potências, começando a partir de 3 HP, tornando o motor de popa bastante versátil e perfeito para as embarcações menores.

No mercado existem dois tipos de motores de popa: o de dois e o de quatro tempos. Assim como acontece com os motores de motocicletas, cada etapa realizada antes do efetivo funcionamento é considerada um tempo. Tal diferença impacta diretamente em aspectos como potência, performance e preço, influenciando também a aplicação de cada um deles. Confira a seguir as características dos motores de popa.

Dois tempos

Os motores dois tempos não possuem válvulas de admissão e escapamento, apresentando apenas as etapas de compressão e combustão. A construção mais simples os torna também mais leves, fazendo com que sejam comuns entre pescadores amadores e pessoas que utilizam veículos náuticos para fins de lazer.

Durante o funcionamento, após o pistão subir para comprimir a mistura no cilindro, ocorrem a ignição e a combustão. Na sequência, os gases gerados se expandem e fazem o pistão descer, espremendo a mistura no cárter. Nesse momento, a janela de exaustão se abre, possibilitando a saída dos gases da queima.

Esse tipo de motor se destaca pela alta durabilidade e pela economia de combustível, notada em especial nos mais modernos, com sistema de injeção eletrônica. No entanto, existem também motores dois tempos carburados, consumindo uma quantidade maior de combustível e consequentemente emitindo mais poluentes.

A manutenção costuma ser simples e barata, já que eles contam com menos peças exigindo substituição. Além de equiparem embarcações, os motores dois tempos podem ser encontrados em motosserras, aeromodelos etc.

Quatro tempos

São motores mais complexos e com maior emprego de tecnologia, figurando como excelentes alternativas para uso profissional.

As quatro etapas de funcionamento (admissão, compressão, combustão e escape) conferem maior potência com menos ruído e vibração. Eles ainda são mais econômicos e menos nocivos à natureza, pois emitem uma quantidade baixa de poluentes em relação aos motores dois tempos.

Para manter o bom funcionamento, são necessários alguns cuidados preventivos periódicos, como a troca do óleo do cárter, o ajuste das válvulas e a inspeção da correia dentada, substituindo-a se necessário.

Mesmo que apresentem determinados aspectos semelhantes aos motores automotivos modernos, é importante ter em mente que a manutenção de um motor de popa quatro tempos exige um conhecimento muito mais aprofundado sobre esse tipo de propulsor.

Existem várias marcas de motor de popa, como Mercury, Yamaha, Evinrude, entre outros. Para escolher o ideal, pense nas características do seu barco, no tipo de água que irá navegar e na quantidade de peso que irá transportar.

Gostou desse conteúdo? Confira nosso blog completo para ver mais! Acesse o Barco Novo e confira nossos produtos para sua embarcação.

Tecnologia
iSET - Plataforma de E-commerce para criar loja virtual
Plataforma de E-commerce para criar loja virtual