Produto adicionado com sucesso!
Produto removido!

Acreditamos que uma das coisas mais importantes a se fazer antes mesmo de sair é checar algumas coisas. Em primeiro lugar verificar a previsão do tempo, é uma coisa que tem que ser levada a sério de dada a devida importância, faz parte do planejamento verificar a previsão do tempo.

Nada pior que ser surpreendido pelo vento forte quando se está navegando. A previsão do tempo é bem confiável hoje em dia e há várias fontes fáceis de acessar e entender na internet e por meio de aplicativos para Smartphones.

A previsão é fruto de uma interpretação dos dados, não se trata de uma ciência exata. No Brasil os alguns dos sites de meteorologia que apresentam previsões mais confiáveis são: Climatempo, Tempo Agora, INMET, CPTEC. Para quem planeja explorar mares internacionais, existem sites estrangeiros que oferecem precisão em suas previsões: Accuweather, Meteo Técnico, IPMA, Buoyweaher.

Quem sai de barco deve se preocupar não só com temperaturas baixas ou tempestades, mas também com os dias de muito sol, deve-se sempre usar protetor solar para a pele e capota para o barco, mesmo no inverno. Além do risco de câncer, há também o perigo da insolação, que provoca forte mal-estar (dor de cabeça, sede, pele quente, dificuldade de respirar, pulsação rápida) e pode causar até desmaio.

Não se trata somente de temperatura. É papel da meteorologia entender ventos, correntes marítimas, massas de ar e fenômenos como El Niño e La Niña. Saber das condições meteorológicas é fundamental para planejar as melhores rotas, fugindo de intempéries que possam atrasar a viagem ou torna-la complicada.

O vento é uma peça essencial na navegação, podendo ser favorável ou não, por isso é tão importante entende-lo. Eles são responsáveis pelas condições marítimas, como: ressacas, ondas de grande volume de águas, redemoinhos e trombas d?água. Em relação ao vento, é importante considerar a velocidade e a direção. Pois, analisar o vento possibilita prever as condições do mar, se estará calmo ou agitado, além de viabilizar um plano de navegação mais preciso, considerando inclusive combustível, e uma rota de viagem mais segura.

Manutenção também é um ponto que sempre deve-se manter em dia para a navegação, quem faz parte da vida náutica, precisa conhecer a importância em manter a manutenção preventiva em dia. A revisão de alguns itens como motores e geradores são de extrema relevância para evitar danos ao barco e assegurar a proteção dos tripulantes. Logo, inspecionar as válvulas do casco, anodos, vigias, tanques, filtros, instalação elétrica, reparos e limpezas é essencial.

Os itens de segurança do barco nunca devem ser ignorados, eles podem ser decisivos em situações de risco. Sempre mantendo eles no lugar certo e bem-sinalizados para que em caso de problemas fique fácil para serem localizados.

O combustível é outra coisa que se deve prestar atenção, nunca saia com pouco combustível, nunca se sabe o que pode acontecer, cálculo de combustível deve ser feito em função da distância e não de horas que se irá navegar, porque o consumo em velocidade de cruzeiro é maior que o consumo médio horário. O certo é saber quantos litros seu barco gasta para percorrer uma milha, lembrando que o consumo aumenta com o barco carregado ou se o mar estiver (ou ficar inesperadamente) agitado. Regra "dos terços" sempre funciona bem.

Também não se deve usar combustível velho na hora de navegar, gasolina no tanque há mais de dois meses e diesel há mais seis se deterioram e ainda têm grandes chances de absorver água, e isso pode estragar o motor! Use sempre combustível novo e preste muita atenção ao período de troca e limpeza dos filtros de combustível. Aditivos ajudam. Combustíveis Premium têm validade maior que os comuns.

Outro ponto que se deve ficar atento é a Carta Náutica, é importante conhecer o ambiente em que vai navegar. Sem uma carta náutica, a probabilidade de problemas na navegação é bem maior. E esse é um grande erro, já que uma das instruções mais relevantes é olhar a carta náutica antes de qualquer viagem. Sem conferir este item de segurança, o risco de acontecer problema durante a navegação é maior, pois com ela é possível mapear o local de navegação, verificar qual é o melhor e mais seguro caminho a se fazer.

Com suas pedras encobertas pela água, Angra dos Reis é um exemplo típico! Na dúvida, pare o barco, examine bem a área e navegue apenas onde tiver certeza de que há profundidade suficiente para o seu barco passar. Não tome atalhos ou corte caminhos isso pode causar acidentes por estar em uma área não conhecida. Assim como no item Previsão do Tempo, cartas náuticas eletrônicas, para Tablets e Smartphones servem como excelente REFERÊNCIA para a navegada e são fáceis de operar e consultar em tempo real.

Quando se trata de guiar um barco a responsabilidade do condutor é grande, então é essencial se manter afastado de bebidas alcoólicas. Se vale para dirigir automóvel, também vale para quem pilota barcos. Caso tenha bebido, passe o comando para outra pessoa habilitada e totalmente sóbria. A bebida é uma das causas mais comuns de acidentes náuticos. Erro é pensar que se pode beber e pilotar, infelizmente, é mais comum do que parece.

Por último, quando se trata de pessoas também se deve lembrar de não embarcar mais pessoas do que o limite permitido pelo barco, quando o barco está carregado demais pode-se gerar grande risco de acidentes. O excesso de peso pode deixar a borda do barco mais próximo da água, assim, uma onda ou marola mais alta pode atravessar o costado e inundar o barco. Vale atentar que, muitas vezes o limite máximo dado pelo estaleiro observa condições perfeitas de mar e tempo e isso, quase sempre não é o que ocorre na prática.

Gostou desse conteúdo? Confira nosso blog completo para ver mais! Acesse o Barco Novo e confira nossos produtos para sua embarcação.

Tecnologia
iSET - Plataforma de E-commerce para criar loja virtual
Plataforma de E-commerce para criar loja virtual